sábado, 20 de maio de 2006

Acordar cedo

Já aqui o disse uma vez, recordando James Morrison, que não haverá remissão para quem desperdiça um amanhecer. Volta e meia, o Reboliço percebe isso no pêlo. Desperta mais cedo, sai para a rua, aspira o ar ainda fresco (este ar da Primavera, que começa a sentir-se já só na manhãzinha) e sente chegar o quente que se instalará ao longo do dia. Pensa: "Vem, hora de sol. Vem, para eu me estirar na areia quente e sentir-me o couro retesado antes de mergulhar no alívio das ondas. Chega já, mas demora o teu vagar, hora morna. Quero adormecer debaixo de ti."