domingo, 5 de setembro de 2010

Estrelo

(Foto do canário Estrelo: Reboliço. O canário Estrelo chilreia o dia todo ao som da água que corre das torneiras, da chuva que cai, do vento que venta, da janela a abrir, da janela a fechar. Quando o sol se põe, enrola-se feito numa bola amarela de penas, sustenta-se numa pata só e finge que nem olhos tem.)